Como Surgem as Oportunidades

As oportunidades que cada um de nós precisa para melhorar de vida, conseguir resultados mais expressivos, alcançar a tranqüilidade para gerir os negócios, conquistar uma qualidade de vida melhor etc, passam por nós, rodeiam-nos constantemente sem que percebamos, uma vez que nossa atenção está voltada para outros lados e ocupada com pormenores que nos distraem diariamente.

A palavra oportunidade vem de `o-portuno`, e refere-se aos ventos que sopravam nos mares e levavam as embarcações aos mais diversos portos, segundo suas necessidades. Se uma embarcação queria ir até um determinado destino à procura de algo que lhe interessava, ela rumava em direção ao alto mar e esperava o vento `o-portuno`, a oportunidade que sopraria na direção almejada.

Para regressar de seu destino, retornando para sua terra de origem, essa mesma embarcação alcançava o alto mar, certa de que a oportunidade apareceria para levá-la de forma segura para seu lar.

 

Encontrando um caminho no vasto mercado digital

Todos possuímos anseios autênticos que estão em conformidade com nossos dons e vocações, mas para conquistar nossos objetivos temos que, primeiramente, saber quais são cada um dos `portos` da nossa jornada.

Se nosso primeiro destino, o mais urgente, a prioridade é melhorarmos nossa qualidade de vida para termos mais disposição física, psicológica, mental e espiritual, e assim elevar o conjunto de nossa obra, melhorando nosso relacionamento em casa e no trabalho, devemos focalizar quais os destinos que daremos à nossa `embarcação`.

Não existem medidas radicais a serem feitas para corrigir hábitos errados. O mais importante é mudar a atitude com relação às coisas que queremos melhorar. Uma análise e auto-reflexão, num primeiro momento, por exemplo, em relação à própria alimentação, visa relacionar quais os alimentos que comemos e de que forma o fazemos.

Uma forma interessante de mensurar o ponto onde você se encontra é utilizando um ferramenta de avaliação. No universo do Coaching e Mentoring existe uma ferramenta que se mostra bastante poderosa e permite uma visão panoramica do que esta acontecendo em todas as áreas da vida. Se quiser entender melhor como isso funciona eu recomendo que dê uma olhada neste artigo: https://www.coach1.com.br/roda-da-vida/

Equacionamos quais alimentos podemos substituir e em que quantidade deveremos fazer para que nosso organismo não seja agredido com uma mudança muito brusca e reaja contrariamente à nossa intenção por não estar acostumado com o que está sendo ingerido.

Mesmo que isto seja em prol de seu benefício, existe uma condição inicial de repulsão ao novo, por isso, o ideal é que seja feita uma transição para chegar à qualidade alimentar almejada.

Esta não é uma regra, depende muito da avaliação que fazemos de determinado acontecimento, fato ou aspecto da nossa vida. Em função disso, a reflexão que fazemos é vital para corrigir o curso que queremos mudar.

Para que isso seja possível, uma boa dose de honestidade, perseverança e paciência são necessárias. Nenhum vento sopra na hora que queremos, nem mesmo a primeira ventania é a que nos remeterá para o lugar adequado.

 

 

O planejamento como ferramenta principal

É preciso fazer bem a tarefa de hoje. É preciso levar o barco até o alto mar, muitas vezes com a força dos braços junto aos remos para chegar ao ponto certo onde a oportunidade soprará.

Não se pode desanimar. Avalie constantemente suas atividades fazendo-as cada dia melhor. Se relacione bem com os que estão à sua volta e participam de certa forma de sua vida. Possivelmente um deles soprará de forma `o-portuna`, talvez sua entrega numa atividade que estiveres fazendo com esmero lhe possibilitará a tranqüilidade para perceberes a brisa da oportunidade.

Olhando para os vendavais que estão à fora ou fazendo tempestades em copos de água, dificultarás sua navegação. Não adianta ficar reclamando do que está errado, é preciso corrigi-las se for possível, pois do contrário as coisas só tenderão a piorar.

Também pode ser muito nocivo absorver todo tipo de informação que circula à nossa volta, verdadeiros redemoinhos, que só aumentam nossas náusea, tontura e impotência pois algumas embarcações encontram-se completamente desgovernadas.

Existem coisas que dependem de nós, e outras que não dependem. Façamos bem o que nos é próprio, rememos corajosa e confiantemente em direção ao alto mar que, sem dúvida nenhuma, identificaremos a oportunidade quando ela estiver à nossa volta.

 

Como Surgem as Oportunidades
5 (100%) 1 vote

Insira Seu E-mail e Baixe Grátis um E-book com Dezenas de Dicas para Aplicação Imediata em Seu Projeto

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Leave a Reply

*

Seja o primeiro a comentar!